Golpes e mais golpes enganam araxaenses

10-02-2020

 

No dia 07, por volta das 14 horas, a Polícia Militar foi solicitada a comparecer no bairro Urciano Lemos em Araxá, onde uma senhora de 63 anos relatou que um homem de cor negra, conduzido por um taxi de cor branca, foi até sua residência, alegando que alguém estava usando indevidamente seu cartão de crédito. O homem disse que necessitaria levar o cartão e senha, sendo repassado pela vítima. Após pegar o cartão o indivíduo evadiu do local tomando rumo ignorado. Só após algum tempo a vítima constatou tratar-se de um golpe.

 

Por volta das 17 horas, compareceu na sede da Polícia Militar em Araxá, uma vítima de 29 anos, relatando que viu a propaganda de uma financeira pela internet e manteve contato por e-mail e por telefone, onde passou todos os seus dados pessoais sendo lhe enviado um contrato. Segundo a suposta financeira, a vítima deveria retornar com uma foto do contrato assinado e, para ser liberado o financiamento, ele teria que depositar certa quantia em dinheiro. A vítima então realizou o depósito do valor solicitado em uma conta que não estava em nome da financeira e sim de um indivíduo, porém o dinheiro do financiamento não foi liberado. A vítima questionou a empresa, que alegou que teria que ser feito um novo depósito. Desconfiado da empresa, a vítima não realizou o segundo depósito e a empresa alegou que de toda forma ele teria que pagar a multa de quebra de contrato ou seu nome seria negativado, constatando assim tratar-se de um golpe.